Siga-nos:

Vai ser difícil remover meu dente do siso?

A VPN is an essential component of IT security, whether you’re just starting a business or are already up and running. Most business interactions and transactions happen online and VPN

Mesmo se tratando de um procedimento cirúrgico de rotina do Cirurgião Bucomaxilofacial, as questões com relação a individualização dos casos devem ser ressaltadas.

As classificações com relação a posição do dente do siso são extremamente importantes e nestas as imagens radiográficas e tomográficas irão dar dimensão a posição do dente (mais superficial ou profundo no osso, vertical, horizontal ou angulado), tamanho das raízes, formato das raízes, proximidade com estruturas anatômicas de risco como o nervo alveolar inferior.

Outro aspecto extremamente importante que facilita a remoção do dente do siso é a abertura bucal do paciente, ou seja, pacientes com mais de 40 mm de abertura bucal propiciam um acesso mais fácil ao procedimento cirúrgico. Pacientes mais jovens com 2/3 da raiz formada apresentam com abertura bucal maior de 40 mm são a melhor situação clínica para remoção dos sisos.

Qual a razão para isso?

A idade entre 15 a 18 anos quando isto ocorre é a idade que o tecido ósseo exibe uma grande plasticidade para dilatação quando da luxação (manobra utilizada para remover o dente) e um grande potencial regenerativo, sendo o mesmo para os tecidos gengivais.

Com 2/3 da raiz formada a remoção do remanescente radicular é muito mais fácil em comparação a dentes com raízes completamente formadas além de diminuir o risco com relação a proximidade de estruturas anatômicas de risco como o nervo alveolar inferior.

Uma avaliação pré operatória com planejamento adequado conduz a um melhor e mais previsível procedimento com um pós operatório mais tranquilo ao paciente.

Dr. Pablo Leite (CRO/SC 6944)

(47) 9 8864-0770
Rio do Sul e Blumenau