Siga-nos:

Porquê fazer artroscopia de articulação temporomandibular para tratar a minha dor na articulação temporomandibular?

A VPN is an essential component of IT security, whether you’re just starting a business or are already up and running. Most business interactions and transactions happen online and VPN

Um dos critérios para diagnóstico de qualquer patologia é o exame clínico através da inspeção. Somos como profissionais da saúde orientados a tratar somente o que conseguimos ver. Nada mais imperativo quando se trata de dor com origem e localização na região da articulação temporomandibular podermos através do conhecimento da anatomia artroscópica da articulação temporomandibular e das técnicas de abordagem artroscópica com punção intra articular cuidadosa e meticulosa observamos o que realmente está ou não está alterado no interior da articulação temporomandibular.

A patologia intra articular é caracterizada por alterações bioquímicas que dentro do processo de doença (patologia) da articulação temporomandibular estão assim categorizados e descritas como diversas alterações que vão desde sinovites a condromalácias com seus mais variados graus além de outras alterações que refletem a degeneração intra articular.

Após a visualização intra articular dos compartimentos anterior e posterior, das superfícies articulares e da mobilidade discal através de técnicas artroscópicas intra articulares com o segundo ponto de punção podemos realizar uma instrumentação intra articular com remoção de aderências, miotomia do músculo pterigóideo lateral e remoção de tecidos para biópsia. As manobras intra articulares que aumentam a mobilidade discal modificam a bioquímica intra articular com elevada probabilidade de melhora do quadro sintomático articular.

Segue abaixo dois exemplos de alterações intra articulares em pacientes com sintomatologia relacionada a articulação temporomandibular.