Siga-nos:

Como Decidir se Devo ou Não Fazer Minha Cirurgia Ortognática?

A VPN is an essential component of IT security, whether you’re just starting a business or are already up and running. Most business interactions and transactions happen online and VPN

A primeira reação pessoal relacionada a frase “SEU CASO É CIRÚRGICO”, é totalmente de aversão. Quem gostaria de se submeter aos fatores que envolvem uma cirurgia como hospital com internação, anestesia geral, procedimento cirúrgico e cuidados pós-operatórios com afastamento das atividades diárias. Realmente se formos pensar nestes aspectos do ponto de vista negativo, a cirurgia ortognática não seria uma opção viável.

A presença da Deformidade Dentofacial com Classe 3 ou Classe 2 e suas alterações estéticas e funcionais na mastigação, respiração e deglutição realmente representam um dilema de variadas proporções com impactos individuais na qualidade de vida. Somente quem possui as mesmas dificuldades sabe a importância e realmente sente ou enxerga a necessidade de correção.

Quando pensamos nos aspectos da cirurgia ortognática com as questões técnicas e hospitalares alguns pontos devem e merecem ser considerados. No que diz respeito às questões técnicas que condizem com sua execução propriamente dita, os riscos devem ser reconhecidos e apresentados de maneira clara pelo cirurgião ao paciente.

Na minha vida profissional como cirurgião ortognático afirmo e sempre conduzo comigo em cada cirurgia que somente evitamos as complicações que sabemos que podem acontecer. Um adequado estudo anatômico pré-operatório com visualizações tomográficas apresenta-se hoje como o padrão ouro para estes estudos. Adicionalmente um planejamento 3D da correção da Deformidade Dentofacial mostra-se como uma ferramenta adicional com imensurável importância em tal prognóstico.

No que diz respeito às questões hospitalares, penso nelas hoje muito mais como uma segurança e suporte adequado para a execução da cirurgia ortognática, que com uma noite apenas de internação e uma adequada avaliação anestesiológica pré-operatória conduzem a excelentes resultados.

O terceiro aspecto de igual relevância refere-se ao paciente ter contato e conversar com outros pacientes que foram submetidos a cirurgia ortognática, para realmente estar seguro e consciente do caminho que está optando. Como as pessoas que foram submetidas a cirurgia sentem o resultado e se está dentro das expectativas que sempre buscaram.