Siga-nos:

Cirurgia Ortognática: meu nariz sofrerá alterações?

A VPN is an essential component of IT security, whether you’re just starting a business or are already up and running. Most business interactions and transactions happen online and VPN

Entre as alterações dos tecidos moles (lábios/ queixo/ maça do rosto) que a cirurgia ortognática (mudança na posição dos ossos da face) poderá proporcionar destaca-se as mudanças na estrutura nasal. Principalmente no que se referem a base nasal cartilaginosa, cujo apoio é dado pela estrutura óssea do maxilar superior. Desta maneira o reposicionamento da maxila (maxilar superior para frente, cima ou baixo) implica na mudança da posição do lábio superior e da base nasal cartilaginosa entre outras regiões do terço médio facial.

Dentre as mudanças a serem consideradas destacam-se as que irão levar a alterações na estéticas da base nasal, podendo levar a um resultado comprometedor no que diz respeito a aparência nasal. Assim devemos considerar no planejamento pré-operatório qual a forma de base nasal e qual o movimento do maxilar superior que irá ser realizado.

Representações superiores demonstram que o terço superior do nariz é constituído por osso (osso nasal) e os dois terços inferiores por tecido cartilaginoso e tecido mole.

Visão demonstrando a porção do nariz constituída por músculos e a relação destes músculos com a superfície da maxila (estrutura óssea). A mudança na posição da estrutura óssea implica no reposicionamento a alterações nas dimensões da musculatura ali inserida fazendo com que a mesma leve a implicações nas dimensões da estrutura nasal.

Visão inferior do nariz demonstrando a relação da musculatura que se insere na maxila (maxilar superior) com a estrutura do nariz. Quando movimentamos a estrutura óssea (maxilar superior) sempre iremos realizar movimentos na musculatura nasal e estas irão repercutir na forma do nariz

FORMA DA BASE NASAL ESTUDO PUBLICADO NO JOURNAL DA ASSOCIAÇÃO MÉDICA AMERICANA DE CIRURGIA PLÁSTICA

Bases nasais estreitas (A e B) são passíveis de movimentações favoráveis sem comprometimento da estética nasal e com melhora na estética da estrutura nasal. Bases nasais mais alargadas (C/D/ E e F) devem ser consideradas quando da decisão do movimento do maxilar superior uma vez que podem sofrer um maior alargamento e levar a um sério comprometimento da estética facial.